Merthiolate é grande aliado no cuidado de pequenos ferimentos

|



Quedas, arranhões e pequenos cortes ocorrem com frequência no ambiente doméstico, principalmente em crianças. Esses acidentes cotidianos podem ser amenizados se tratados corretamente: a limpeza e os cuidados básicos são importantes para não gerar infecções, não contaminar a pele com fungos, bactérias ou vírus que podem causar doenças mais graves. Merthiolate, medicamento líder* para assepsia de cortes, machucados e lesões na pele, é um grande aliado dos pais nessas horas, pois possui uma solução clara, incolor, inodora e age especificamente sobre as bactérias, dificultando a sua proliferação.

É importante estar atento ao tipo de ferida que ocorre na pele. Se o machucado apresentar inchaço, presença de pus ou fluidos amarelados e esverdeados, pode estar infeccionado. É natural que cortes tenham a presença de fluídos e de sangue, no entanto, eles devem ser claros e finos para que apenas o tratamento caseiro seja eficiente. A presença de secreções grossas e de cor forte podem ser um sinal de alerta. Também deve-se ficar atento à existência de febre ou mal-estar. Caso haja sinais de infecção, um médico deve ser consultado para o tratamento adequado.

Para arranhões e cortes não muito profundos, Merthiolate oferece ao mercado dois tipos de soluções – o Frasco de 30mL e o Spray de 45mL. Ambos podem ser utilizados diretamente na área afetada, e, caso seja necessário, o produto pode ser aplicado de 3 a 4 vezes por dia. Para proteger a lesão o uso de gaze ou outros curativos também podem contribuir na cicatrização. Para quem preferir utilizar o Spray, antes da primeira utilização é necessário acionar a válvula cinco vezes para que haja a saída do produto, e é preciso manter uma distância de 5 a 10 cm do local ferido.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO

Sobre Merthiolate

Merthiolate é um medicamento isento de prescrição, de uso tópico, indicado para a assepsia de cortes, machucados e lesões na pele, com a função de eliminar bactérias e prevenir ou evitar infecções. Indicações: Na assepsia da pele e de feridas de pequenas extensões. MS: 1.7817.0086

Alimentação : 2 a 3 anos

|
Oie mamães, como estão? Por aqui estamos ótimos graças a Deus, Bernardo muito sapeca quase me enlouquecendo, mais conto em outro post.
Hoje vou falar sobre a alimentação dos nossos pequenos.

A partir dos 02 aninhos, nossos pequenos já são capazes de comer as mesmas comidas que os adultos. Temos que continuar variando as cores, os sabores e as texturas do que serve pra ele, é uma boa oportunidade de melhor a alimentação dos adultos da casa.


Guia Pratico para alimentar seu filho:

O que oferecer:
- Leite Integral (tipo A) ou semidesnatado (tipo B), dependendo do biotipo de cada criança e da orientação do pediatra.
- Outros derivados de leite (queijo derretido ou em pedaços ; iogurte integral ou desnatado ; requeijão , pudins e sobremesas lácteas);
- Cereais fortificados com ferro (matinais ou em forma de mingau);
- Grãos e carboidratos (pães brancos e integrais, bolachas, torradas , arroz, macarrão , bolo simples);
- Todas as frutas, frescas , na forma de sucos ou como ingredientes de sobremesas e bolos caseiros;
- Frutas secas deixadas de molho na água até ficarem moles;
- Hortaliças cruas ou cozidas (salada, tomate, chuchu, espinafre, brocolis , couve flor etc.);
- Proteína (ovos, carne de frango, boi ou porco picada ou moída, peixe sem espinho , feijão , figado e miudos, creme de amendoim);
- Comidas mais sofisticadas como lasanha, pizza, estrogonofe etc;
- Sucos de frutas e hortaliças.

Quanto de cada coisa por dia:
Uma porçao de alimentos para uma criança desta idade equivale a cerca de 1/4 da porção para um adulto.
- Laticínios : 02 a 03 porções por dia ;
- Grãos e carboidratos : 6 porções por dia;
-Frutas :2 a 3 porções por dia;
- Hortaliças : 2 a 3 porções por dia;
- Proteína : 02 porções por dia.

Bom por hoje , é isso, por aqui Bernardo come super bem, espero ajudar as mamães com essas informações.

Beijos grandes, ótima semana!!


Quanto mais colorido, melhor!

|


Você já deve ter lido ou ouvido que quanto mais colorido o seu prato, melhor. Mas você sabe o porquê?
Cada nutriente está relacionado a um pigmento ou cor. A alimentação saudável inclui variedade, equilíbrio e moderação, ou seja, quanto mais colorido o prato, maior variedade de nutrientes consumidos naquela refeição.
Os alimentos estão divididos em grupos de cores e cada grupo apresenta uma composição de vitaminas, minerais, e substâncias bioativas e antioxidantes.
Como exemplos, temos os alimentos do grupo vermelho e alaranjado como cenoura, abóbora, mamão, damasco, tomate, entre outros, que contêm carotenoides. O beta caroteno (precursor da vitamina A) da cenoura e da abóbora está relacionado à saúde ocular, ao sistema imunológico e, assim como o licopeno do tomate, tem ação antioxidante. Também auxiliam no processo de cicatrização
Já a berinjela, o repolho roxo, as uvas e berries (amora, framboesa, etc.) contêm as antocianinas, outro tipo de antioxidante que também possui função antiinflamatória. São alimentos ricos em magnésio.
Vegetais crucíferos como brócolis, couve de bruxelas, repolho e couve contêm glucosinolatos que além da ação antioxidante também são ricos em substâncias que parecem ter alguma função na prevenção do câncer. Formam o grupo verde-escuro e branco.
O grupo marrom é formado por cereais integrais e sementes como nozes e castanhas e são ricos em fibras alimentares e vitaminas do complexo B.
Fonte: Departamento de Nutrição da ABESO: Mônica Beyruti e Renata Bressan

Acesse o link do Portal da ABESO: www.abeso.org.br/dica/quanto-mais-colorido-melhor-

Alivium renova o aplicativo Nutrir e Crescer

|
                                    Focado no desenvolvimento infantil, o app ganha novas funções e conteúdos


Alivium, medicamento referência para o tratamento de febres e dores, e líder de prescrição no mercado de analgésicos líquidos, apresenta novidades em seu aplicativo Nutrir e Crescer, disponível para sistema Android e IOS, lançado em 2014. Primeiro app gratuito sobre nutrição e acompanhamento do crescimento infantil, ele foi desenvolvido com o objetivo de facilitar o dia a dia dos pais, disponibilizando uma série de funcionalidades relacionadas à alimentação e ao crescimento saudável, de acordo com a faixa etária, para acompanhar a evolução de crianças de até dois anos de forma prática e lúdica.

Confira as novidades da nova versão:

- Aba “Curva de crescimento”: agora é possível que os pais adicionem o acompanhamento de mais de uma criança e comparem o desenvolvimento de cada uma delas em um gráfico de evolução mês a mês, com dados referentes a peso e altura;
- Layout: ficou mais fácil e intuitivo para navegação, para tornar a experiência de uso mais interessante;

- Conteúdo: foram incluídos novos conteúdos e informações sobre o comportamento dos bebês;
- Conectividade: agora é possível compartilhar todas as informações disponíveis no app por e-mail;
- Vacinas: os pais podem incluir todas as vacinas já tomadas pelo pequeno e acompanhar as que ainda faltam.

O app mantém ainda as abas “Guia Nutricional” e a “Comer Comer”. Na “Guia Nutricional”, o usuário continua a encontrar a pirâmide alimentar e informações por categorias nutricionais (carboidratos, proteínas, vegetais, legumes, açúcares, lácteos e frutas), sobre a composição dos alimentos e seus benefícios para a saúde, para orientar os pais a tornarem a alimentação dos filhos mais equilibrada. Na guia “Comer Comer” estão disponíveis cardápios elaborados para os sete dias da semana, com receitas simples e caseiras, adequadas às necessidades de cada fase da infância. Além da sugestão de ingredientes para uma alimentação balanceada, o cardápio foi elaborado pensando na consistência ideal da comida, que muda conforme o desenvolvimento da criança.

O app Nutrir e Crescer foi desenvolvido com o apoio de pediatras e um profissional especializado em nutrição infantil, para que ele seja referência em tópicos abordados na puericultura, como crescimento, alimentação e imunizações (vacinas).

Para mais informações sobre a marca, acesse:http://www.alivium.com.br/ e acompanhe Alivium no Instagram:http://instagram.com/aliviumoficial.

SAC: 0800 97 99900
Sobre Alivium
Alivium é um produto referência em Ibuprofeno nas apresentações de 30, 50 e 100 mg. O ibuprofeno é uma substância que apresenta ação antitérmica, indicada para diminuição da temperatura corporal e que age também como analgésico na diminuição das dores associadas a resfriados, gripes, torções, pancadas, dores musculares, cefaleia e cólicas menstruais. O medicamento está disponível em cinco apresentações, divididas em líquidos (Alivium 100mg Gotas Oral (20ml), Alivium 50mg Gotas Oral (30ml), Alivium 30mg/ml Suspensão (100ml) com seringa dosadora) para o público infantil e apresentações em comprimidos (Alivium 400mg e 600mg com 10 Comprimidos) para adultos.

Aplicativo Nutrir e Crescer
Para que os pais possam acompanhar o desenvolvimento de seus filhos, a marca Alivium disponibiliza o aplicativo Nutrir e Crescer, disponível para usuários de celulares com sistema iOS (Iphone) e Android. O app, feito em parceira com pediatras e nutricionistas, tem como objetivo facilitar o dia a dia dos pais com uma série de dicas relacionadas à alimentação e crescimento saudável, de diferentes faixas etárias. São diversos tópicos desde calendário de vacinação, pirâmide alimentar com guia nutricional de alimentos até dicas e receitas para uma dieta adequada para auxiliar o crescimento de crianças e bebês.

Alivium - ibuprofeno. MS 1.7817.0807. Indicações: para alívio temporário da dor leve a moderada associada a resfriado comum, dores de cabeça (inclusive enxaqueca e cefaléia tensional), dor de dente, dores musculares, dismenorréia (cólica menstrual), dores articulares e na redução da febre. Abril de 2016.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

Tinta Caseira

|
Ola mamães, como estão?? Aqui estamos bem.
A algum tempinho trouxe uma dica de como fazermos massinhas de modelar caseira para os pequenos se divertirem.
E como sei que toda criança adorar pintar e se sujar, trouxe hoje algumas dicas de tinta caseira, para fazermos para os pequenos brincarem.
A pintura além de estimular a imaginação, coordenação motora, criatividade, por exemplo, é uma atividade muito divertida e livre, eles ficam ali deixando a imaginação mandar, se divertindo, se lambuzando, sem alguém dizendo o que devem fazer.


Tinta de Neve

1 xícara de farinha de trigo
1 xícara de sal
1 xícara de água

Misture tudo, e acrescente gotas de corante alimentício. 
- Tinta de Gelatina

pó para gelatina
água

Coloque uma quantidade pequena de água e vá acrescentando o pó da gelatina até obter a consistência de tinta. Essa tinta, além de boa para brincar, é gostosa de se lambuzar.
- Tinta Caseira de Maizena

amido de milho (maizena)
água

Em uma xícara com água bem quente, coloque 4 colheres de amido de milho, três colheres de água e mexa bem. Quando a mistura esfriar, acrescente corante para alimentos e coloque na geladeira.

São várias opções para se divertirem. Testem e nos conte como foi a experiencia.

Beijos grandes! 

Pulseira Personalizada - Cristina Bellei

|
Ola mamães, como estão? Por aqui estamos ótimos.

Gente desde que meu pequeno nasceu, eu era doida pra colocar uma pulseirinha personalizada nele, acho a coisa mais fofa do mundo. E logo quando conheci a Cristina Bellei Semi joias, vi que ela fazia, então resolvi encomendar.

E do mesmo jeito que fiquei encantada com a minha mandala personalizada feita por ela a qual mostrei nesse post AQUI. Fiquei apaixonada pela pulseira, muito bem feita.







Olha como o bracinho do meu príncipe ainda ficou mais lindo.


É muito amor gente.. Super recomendo o trabalho da empresa, pois tem materiais de excelente qualidade, acabamento perfeito, um atendimento super rápido e a entrega então nem se fala.

Pode ser uma excelente dica de presentear os papais, tem lindas pulseiras masculinas.

Venham conferir: 


Beijos grandes!!

EcoLápis de cor Efeitos Especiais da Faber-Castell é a ferramenta de colorir perfeita para criar efeitos diferenciados

|
O estojo possui sortimentos exclusivos de EcoLápis de cor para criar efeitos especiais

São Paulo, julho de 2016 – O EcoLápis Efeitos Especiais é indicado para aqueles que querem produzir novos e diferentes efeitos em seus desenhos. Seu estojo é composto por EcoLápis de cor com 18 cores especiais, sendo 6 cores neon superflorescentes, 6 cores metálicas com efeitos brilhantes e 6 cores pastéis com tons suaves. Ideais para deixar todos os desenhos incríveis, com a garantia de qualidade da Faber-Castell já conhecida: ponta Max resistente, madeira 100% reflorestada e com a certificação FSC® (Forest Stewardship Council).

A Faber-Castell está presente em todas as fases da vida dos consumidores, é o mais antigo fabricante de instrumentos de escrita e uma das empresas líderes na fabricação de produtos de alta qualidade para escrever, desenhar, pintar e para o desenvolvimento da criatividade. Por isso, seu portfólio é tão diversificado para atender crianças na fase pré-escolar, escolar, universitários e adultos que trabalham com artes ou não. O estojo de EcoLápis de cor Efeitos Especiais da Faber-Castell foi desenvolvido para ser a ferramenta ideal para criar desenhos mais coloridos e efeitos diferenciados.

EcoLápis Efeitos Especiais – Preço sugerido: R$ 27,00



Sobre a Faber-Castell
Líder mundial na produção de EcoLápis de madeira plantada, a história da Faber-Castell se confunde com a própria criação do lápis. Fundada em 1761 na Alemanha, hoje a empresa possui escritórios em mais de 100 países. No Brasil, onde está presente desde 1930, três fábricas (São Carlos-SP, Prata-MG e Manaus-AM) e 9.500 hectares de floresta cultivada (também em Prata-MG) são as responsáveis pela produção de 1,9 bilhão de EcoLápis por ano. Com mais de70 mil postos de venda no Brasil, exporta também para mais de 70 países. Seu portfolio inclui: EcoLápis de cor e de grafite, giz de cera, tintas escolares, canetinhas hidrográficas, apontadores, borrachas, canetas, lapiseiras, kits criativos, produtos artísticos, instrumentos e acessórios de luxo para a escrita. Seu projeto de plantio  e seus EcoLápis são certificados pelo FSC®  (Forest Stewardship Council). Em 2004, o processo produtivo da Faber-Castell também recebeu o certificado ISO 14001, conquistando a recertificação em 2010.

Em 2012 a  Faber-Castell estabeleceu uma parceria com a TerraCycle e lançou um programa de coleta que permite a transformação de instrumentos de escrita em matéria prima reciclada que substitui o material virgem que seria utilizado e evita o descarte de resíduos no meio ambiente. O consumidor pode ajudar se inscrevendo no Programa Nacional de Reciclagem de Instrumentos de Escrita Faber-Castell, gratuitamente, por meio do site (http://www.terracycle.com.br/pt-BR/brigades/brigada-de-instrumentos-de-escrita-faber-castell.html). 

Faber-Castell
SAC: 0800-7017068

Aleitamento materno e as dúvidas mais comuns das mamães

|
Em linha com a Semana Mundial do Aleitamento Materno, especialista esclarece as principais dúvidas que as mamães apresentam nesse momento de descobertas
Afinal de contas, quando nasce uma mãe? Alguns comentam que o nascimento de uma mãe se dá na chegada do bebê, outros falam que é desde a descoberta da gravidez. Não existe reposta certa, nem um manual ideal para guiar as mamães. A única coisa que se sabe é que as mulheres precisam se preparar para essa nova fase cheia de desafios, principalmente considerando a importância do aleitamento materno para a saúde dos seus bebês.
Aproveitando a Semana Mundial do Aleitamento Materno, que acontece entre os dias 1º e 5 de agosto, o Prof. Dr. Corintio Mariani Neto, diretor técnico do Hospital Maternidade Leonor Mendes de Barros, responde as dúvidas mais comuns quando o assunto é amamentação. Afinal, a Organização Mundial da Saúde e o Ministério da Saúde recomendam aleitamento materno exclusivo nos primeiros seis meses e complementado por até dois anos ou mais.
Segundo o especialista, existem dados disponíveis no Ministério da Saúde em relação ao aleitamento exclusivo: a média nacional é de 60% no final do primeiro mês, 25% ao completar quatro meses e em torno de 10% com seis meses completos. Embora dados mostrem aumento da porcentagem nos últimos anos, o ideal é atingir próximo de 100% até o final do 6º mês. O médico reforça que ainda há muito a fazer para que se chegue cada vez mais perto do ideal.
Quais são as principais preocupações no momento de amamentar?
As mamães precisam estar muito atentas aos conflitos emocionais e conversar bastante com o obstetra para esclarecer todas as dúvidas e eliminar fatores de ansiedade. Ao mesmo tempo em que a mãe deseja muito amamentar seu bebê, ela tem muito medo de não produzir este leite em quantidade suficiente ou que ele seja fraco, que o bebê não queira mamar no peito. O entendimento por “leite fraco” é uma causa muito frequente do chamado desmame precoce. Esclarecendo, não existe leite fraco, nem leite forte, cada mãe produz o leite mais adequado possível para o seu bebê. Além disso, o tamanho do seio não tem influência nenhuma no sucesso da amamentação.

Quais alimentos podem ser inseridos e aqueles que devem ser evitados?
Dieta balanceada e constituída por carnes magras, aves, ovos, peixes e frutos do mar, verduras, cereais e frutas. Durante a amamentação, sugere-se moderação de alguns produtos que podem provocar alergias ou mesmo gases e cólicas intestinais na criança, tais como leite de vaca, amendoim, frutas secas, soja, café, chocolate, refrigerantes, chá preto, mate, feijão, repolho e batata doce. Importante beber bastante líquido, pelo menos dois litros por dia, especialmente água natural.

O que a mãe pode fazer para o leite não secar?
Quanto mais a criança suga o peito materno, mais leite é produzido. O que ocorre com muita frequência é que, por falta de conhecimento ou orientação incorreta, a mãe “complemente” a alimentação da criança com fórmula artificial por meio de mamadeira. Essa introdução precoce do bico artificial pode levar o bebê a recusar o peito, fazendo que o leite diminua progressivamente.

O que é comum as mamães fazerem que não é recomendável?
Não há embasamento científico para que a gestante esfregue os mamilos com “buchinha” durante o banho diário e/ou com toalha felpuda ao se enxugar, com intuito de aumentar a resistência dos mesmos e evitar as chamadas rachaduras (ou fissuras), muito frequentes nos primeiros dias após o parto, especialmente nas que dão à luz pela primeira vez. Também não deve ser utilizado produto algum sobre os mamilos e aréolas mamárias, apenas um hidratante na superfície restante das mamas, assim como no resto do corpo.

Existe alguma técnica mais recomendada para a amamentação?
O posicionamento e a sucção correta são as duas chaves para o sucesso. A mãe deverá estar relaxada e confortável, o corpo do bebê encostado ao seu, com cabeça e tronco alinhados e seu queixo deve tocar o peito materno. O braço da mãe será o suporte de apoio do bebê. Para a sucção correta, o bebê deverá estar com a boca bem aberta, de modo a cobrir quase toda a parte inferior da aréola mamária, o lábio inferior voltado para fora, sua língua acoplada ao peito, suas bochechas estarão arredondadas, a sucção será lenta e profunda intercalada por pequenas pausas, de modo que se consiga ver e/ou ouvir os movimentos de deglutição. É muito importante a mãe aprender que a técnica correta é quando a criança suga a aréola, não o mamilo.

Na hora de amamentar, o que muitas mães fazem e que deveria ser evitado?
Durante a mesma mamada, interromper a amamentação para mudar de lado é uma orientação errada. Quando a criança começa a sugar, ela recebe o leite chamado “anterior”, que está próximo à saída e que é mais diluído. Depois de certo tempo, que é variável, começa a chegar o leite “posterior”, recém-produzido, que é bem mais rico em gorduras e que sacia a fome do bebê.

É verdade que quando a mulher amamenta, ela não engravida?
Algumas mulheres podem voltar a ovular mesmo no período da amamentação quando o ciclo menstrual pode estar bloqueado devido à supressão dos hormônios. E para que previna uma nova gravidez, é necessário que a amamentação seja exclusiva com as mamadas frequentes e nenhum intervalo superior a seis horas entre uma e outra. Além disso, vale só para os primeiros seis meses e a mulher não pode ter menstruado. Como esta rotina não é fácil, recomenda-se, para maior segurança, que ela comece a adotar algum tipo de método contraceptivo a partir da sexta semana após o parto. Logo no primeiro retorno ao ginecologista, o ideal é que a mãe converse sobre o método mais adequado para evitar uma nova gravidez em pouco tempo.

A mãe pode contar com algum contraceptivo durante a amamentação?
É possível encontrar pílula anticoncepcional desenvolvida especialmente para as mamães que estão amamentando, que é composta de progestagênio, hormônio que pode ou não inibir a ovulação, dependendo do tipo e dosagem. Existem as minipílulas e as pílulas só de progestagênio em dose maior. Ambas podem ser tomadas a partir da sexta semana depois do parto. Como são livres de estrogênio, não inibem a produção de leite materno nem tampouco interferem na sua qualidade e volume. Outro benefício é que não alteram o gosto do leite. Além dessas pílulas, também podem ser usados neste período injeções trimestrais de medroxiprogesterona, implante subdérmico de etonogestrel e o DIU com levonorgestrel.

Beijos, até a próxima!! 

Porque meu filho fica resfriado toda hora?

|
Ola mamães, como estão?? Então aqui estamos numa luta contra os resfriados. Bernardo mal cura um resfriado e e já está resfriado novamente. Nesse período de inverno fica frequente os resfriados, então venho falar hoje um pouquinho desse assunto.


O resfriado é uma infecção das vias respiratórias superiores, causada por vários tipos de vírus. Seu filho está aperfeiçoando seu sistema imunológico, mas só consegue ficar imune a um dos mais de 200 vírus que causam o resfriado por vez.

O modo de contágio mais comum é através de gotículas de saliva -- quando alguém espirra, libera as gotículas no ar, e elas são aspiradas por outra pessoa. O vírus também pode ser transmitido pelo contato das mãos, portanto sempre lave as mãos depois de assoar o nariz. 


Você vai notar que seu filho fica mais resfriado no outono e no inverno, porque os ambientes são mais fechados, facilitando a circulação do vírus de pessoa para pessoa. O frio também torna as membranas do nariz mais suscetíveis à entrada dos microorganismos.

Em média, crianças pegam entre seis e dez resfriados por ano. Isso mesmo! E, frequentando a escola ou creche, o número de resfriados pode chegar a 12 ao ano. Está explicado por que parece que seu filho não passa mais de duas semanas sem o nariz estar escorrendo...

Como Tratar o resfriado:

Não há muita coisa que você possa fazer para que o resfriado vá embora mais rápido, mas pelo menos pode adotar algumas estratégias para que seu filho se sinta melhor (ou não piore). 
-Dormir na posição horizontal pode deixá-lo mais congestionado ainda, portanto tente mantê-lo com a cabeça mais elevada. Você pode usar travesseiros na cama ou colocar toalhas embaixo do colchão. Só não exagere na inclinação, porque seu filho pode virar de lado na cama e o efeito vai ser inverso.
-Exponha a criança ao vapor. Se não tiver um vaporizador a frio em casa, ou um inalador, pode dar um banho quente, ou deixá-lo no banheiro com você por cerca de 15 minutos, respirando a fumaça da água quente.
-Dê muito líquido, para ajudar a soltar as secreções nasais e para evitar a desidratação causada pela febre.
-Tenha paciência. Mesmo que seu filho já estivesse dormindo a noite toda, um resfriado é suficiente para levar a família de volta à época das noites em claro. Ele vai acordar várias vezes por causa do nariz entupido, e um chamego costuma ser a melhor solução.
-Use soro fisiológico para aliviar a congestão nasal. Pergunte ao pediatra qual o melhor tipo (em gotas ou spray). Tente ensinar a criança a assoar o nariz. Algumas conseguem aprender até os 3 anos, outras precisam de mais tempo.

Quais remédios podemos usar:

Para baixar a febre, você pode dar um antitérmico como o paracetamol, a dipirona ou o ibuprofeno, seguindo as instruções do seu médico. Mas os especialistas vêm recomendando que não se dê remédios contra tosse ou descongestionantes a crianças de menos de 6 anos, devido aos efeitos colaterais. Não dê nada sem consultar o pediatra.

Preciso procurar um médico:

- Se a febre passar dos 39 graus.

- Se o resfriado começar a piorar depois de uma semana, ou se os sintomas não forem embora depois de duas semanas.
- Se ele tiver dificuldade para respirar, chiadeira no peito, tosse persistente ou catarro verde. Podem ser sinais de asma ou pneumonia.
- Se ele reclamar de dor de ouvido, o que pode significar uma otite.
- Se seu filho estiver abatido demais, sem energia para nada.

Espero que ter ajudado as mamães!!

Beijos grandes!!

Mandala Personalizada - Cristina Bellei

|
Olá amores, como estão?? Por aqui muita gripe , mais estamos bem!!

Adoro usar semi joias, e recebi um presente tão lindo, que como mamãe vaidosa que sou, fiquei apaixonada logo de cara.



Estou in love com minha mandala, combina com qualquer look que coloco e acima de tudo faz uma grande diferença.



A empresa Cristina Bellei Semi Joias há 14 anos no segmento joalheiro comercializa produtos de requinte e qualidade, seguindo as tendências de moda e comportamento visando atender seu público cada vez mais atualizado.

Um colar faz uma grande diferença no nosso visual, nos deixa mais bonita e sofisticada.

É um acessório indispensável em nosso look !!

Se você ainda não comprou a sua, vem logo conferir, corra pra Cristina Bellei!!


Beijos, ótima semana!!